Adaptação de VW 1500 no BR

Veículos Gurgel modificados/tunados/personalizados

Moderadores: Fernando João, HOT_62, ThiagoGasb

Diferencial

Mensagempor Fernando João » 27/Abr/2006 01:27

william,

Trocas apenas coroa e pinhão. De resto, continua tudo igual.
Detalhe importante: Tem que ser da marca Dana/Spicer/Albarus. Se for Braseixos, não tem como encaixar na carcaça do diferencial.

Não achas que a relação do Chevette 1.6 é quase igual a do BR-800? Ela é apenas 5% mais longa que a relação original do BR-800. Na minha opinião, a melhor opção ainda é a do Chevette Automático (18% mais longa) - o único problema é encontrar um conjunto coroa/pinhão deste.
Fernando João
São José/SC
Ragge California 1989
Avatar de usuário
Fernando João
Administrador
 
Mensagens: 192
Data de registro: 04/Out/2005 10:01
Localização: Florianópolis/SC

Mensagempor william » 28/Abr/2006 23:16

Fernando

Voce tem razão em relação a pouca diferença entre ela , porem qualquer coisa que melhore ja ajuda, pois com motor VW 1300, quando estou na quarta, sempre sinto que tenho que colocar uma 5ª marcha.
BR 800 91 , X-12 86 , G-15 e motomachine
william
 
Mensagens: 97
Data de registro: 05/Abr/2006 22:46
Localização: fortaleza

Mensagempor HOT_62 » 05/Jul/2006 12:35

Faz tempo que ninguém fala nada a respeito...
Abraços,
Estevam Cavazin

BR 800 - Projeto na prancheta - www.br800.kit.net
Vw Sedan 1962 - Motor 1600 dupla, comando e cabeçotes...
Vw Kombi Deluxe 1973 - Original em restauração...
Imagem
HOT_62
 
Mensagens: 117
Data de registro: 06/Dez/2005 21:08
Localização: Limeira - SP

Mensagempor minicoelho09 » 05/Jul/2006 22:55

Oi
Amigos

Coloquei motor 1300 no meu mini, ainda não liguei.
Também tenho que resolver, junto com meu cunhado que é o mecanico, alguns probleminhas:

- A tampa já quase não fecha e ainda nem coloquei o filtro de ar
- provavelmente vamos ter que fazer uma "bolha" no capô
- O escapamento terá de ser modelado pois tem uma barra de suporte bem no meio do encaixe, ( lado esquerdo de quem olha )
- Colocamos uma porca extra nos quatro parafusos de suporte do motor para adequar a distância.

Caso alguem tenha passado por isto pode dar alguma dica ou lembrar algo mais que pode ser necessário?

Desde já obrigado

coelho
SpMini
S.C.SUl
***PS- Devo lembrar que troquei o motor pois o meu original fundiu 3 vezes em menos de 1 ano.
I love my supermini
minicoelho09
 
Mensagens: 3
Data de registro: 01/Nov/2005 23:00

Mensagempor HOT_62 » 09/Jul/2006 12:37

É isso aí Coelho,

Todos esses problemas que vc relatou é o que nós passamos e estamos passando para adaptar o motor a ar nos BR e Minis.

O meu caso é um pouco mais drastico, pois meu carro não é para o dia a dia e sim, para arrancada, e alguns cortes a mais e reforços serão necessarios.

Eu estou relatando meu andamento num site, dá uma olhada lá

www.br800.kit.net

Abrção!
Estevam
Abraços,
Estevam Cavazin

BR 800 - Projeto na prancheta - www.br800.kit.net
Vw Sedan 1962 - Motor 1600 dupla, comando e cabeçotes...
Vw Kombi Deluxe 1973 - Original em restauração...
Imagem
HOT_62
 
Mensagens: 117
Data de registro: 06/Dez/2005 21:08
Localização: Limeira - SP

Mensagempor HOT_62 » 11/Jul/2006 10:25

Ah, qual a medida dessa porca extra que foi colocada?

Estou perguntando porque vou fazer um plate para fixar o motor e o cambio no br e assim poder coloca-lo mais baixo e fechar o capo normalmente.

[]s
Estevam
Abraços,
Estevam Cavazin

BR 800 - Projeto na prancheta - www.br800.kit.net
Vw Sedan 1962 - Motor 1600 dupla, comando e cabeçotes...
Vw Kombi Deluxe 1973 - Original em restauração...
Imagem
HOT_62
 
Mensagens: 117
Data de registro: 06/Dez/2005 21:08
Localização: Limeira - SP

Mensagempor gorpo » 29/Out/2006 23:30

Srs, este é o meu primeiro post.

Fiquei curioso ao achar este site na internet, pois há dois anos eu tinha um BR800 preparado com um motor AR 1800cc, segue ficha técnica:

1800cc (92mmx69mm)
Bloco de prisioneiros finos
Polia graduada
cabeçote com valvulas maiores e taxa 12:1 no alcool
igniçcão eletrônica Hall e módulo Bosch 7 pinos
volante aliviado
conjunto móvel balanceado
2 weber 40
comando engle W110
escape 4x2x1 Paulinho escapes
Bomba de combustível elétrica de monza
Radiador de óleo e bomba dupla de óleo
Relógio de pressão de óleo e RPM

Ele tinha 96cv na roda com as solex32 medidos em dinamômetro e andava na frente de A3 aspirado, Vectra 2.0 16v, Astra 2.0, Clase A190, Gol 1.0 16v turbo e até Civic VTi até os 110kmh quando o giro chegava a 5500rpm e acabava a quarta marcha do cambio original. Mas era muito divertido!

Depois que coloquei as weber 40, ficou bem mais forte (110cvs na roda estimados), mas não medi no dinamometro e vendi o motor montado um tempo depois, hoje ele está com um motor 1.6 alcool e duas solex32, bem light.

Detalhe na montagem eu fiz questão que ficasse tudo embaixo do capo sem fazer bolhas ou adaptações visíveis externas.

Carro:
Imagem

Imagem

Dyno com 2 solex32:
Imagem

2 Solex32:
Imagem

Imagem

Imagem

2 Weber40:
Imagem

Imagem

Se puder ajudar em algo, favor entrar em contato.

Flws!
Editado pela última vez por gorpo em 27/Nov/2006 22:49, num total de 1 vezes
gorpo
 
Mensagens: 2
Data de registro: 29/Out/2006 23:16

Gurgel BR 800 modelo 1991 com motor 1300 a GNV

Mensagempor Marcelo Cavalcanti » 26/Nov/2006 23:18

Olá
Estou tentando usar a página de cálculo do Fernando.

Alguém sabe com quantas RPM um motor VW 1300 deveria rodar com o Gurgel BR 800 a 80/120Km? Pneus aro 13/145

Preciso calcular se vale a pena mudar o câmbio original do BR800 modelo 1991 por um do Chevette 1.6 de 5 marchas, e um pinhão mais longo....(Chevette Automatic)

Instalei um kit de gás GNV no motor VW, está fazendo uma excelente economia, mas o carro pede uma relação e câmbio diferente.
Marcelo Cavalcanti
 
Mensagens: 5
Data de registro: 31/Jul/2006 22:51
Localização: Ilhabela, SP

Rotações

Mensagempor Fernando João » 27/Nov/2006 21:44

Marcelo,

Considerando câmbio e diferencial originais, pneus 145x80x13, as rotações são as seguintes (em 4a marcha):
    80km/h - 3100 rpm
    120km/h - 4650 rpm
Considerando câmbio do Chevette 1.6 e diferencial original, pneus 145x80x13, as rotações são as seguintes:

4a marcha (repare que a rotação é igual ao caso anterior):
    80km/h - 3100 rpm
    120km/h - 4650 rpm
5a marcha:
    80km/h - 2600 rpm
    120km/h - 3900 rpm
Considerando câmbio do Chevette 1.6 e diferencial do Chevette 1.6, pneus 145x80x13, as rotações são as seguintes (em 5a marcha):
    80km/h - 2500 rpm
    120km/h - 3700 rpm
Considerando câmbio do Chevette 1.6 e diferencial do Chevette Automatic, pneus 145x80x13, as rotações são as seguintes (em 5a marcha):
    80km/h - 2200 rpm
    120km/h - 3300 rpm

:idea: Para simular esses valores, digite o RPM na caixa de texto da coluna RPM e pressione ENTER, ou dependendo do navegador, clique dentro de outra caixa de texto. Fazendo isso, a velocidade é recalculada.
Fernando João
São José/SC
Ragge California 1989
Avatar de usuário
Fernando João
Administrador
 
Mensagens: 192
Data de registro: 04/Out/2005 10:01
Localização: Florianópolis/SC

Economia usando a quinta marcha

Mensagempor Marcelo Cavalcanti » 28/Nov/2006 09:38

Fernando

Tudo bem? Obrigado pela resposta, acho que entendi as simulações de RPM, imagino que a economia e o desgaste do motor serão bem melhores com uma 5 marcha.
Cada motor, no seu projeto, tem uma velocidade/rpm de cruzeiro, um ponto de equilíbrio entre o consumo e a velocidade. Dr. Porche em 1933 deve ter pensado nisso. Acho que o Gurgel precisou de um sistema de câmbio com 5 marchas, mas em 1990 não conseguiu. O Gelson http://www.freewebs.com/gurgel800 tem um BR800 com câmbio de Chevette 5 marchas, com o diferencial do Opala. Ele me disse que é quase impossível achar o pinhão do Chevette Automatic.
Meu vizinho aqui tem um Santana CD, no painel, uma luz avisa se o carro saiu do ponto de economia máxima na estrada, normalmente nos 80-90Km/h, assim o motorista sabe quando está gastando mais por Km rodado.

É aí que quero chegar!! Agora quando a 5 marcha for instalada vou testar e fazer uma tabela de consumo por Km.


No site http://forum.fusca4ever.com.br encontrei alguns motores VW modificados, com turbo, etc. Mas é difícil achar o cálculo do RMP/Velocidade mais econômica.

O GNV aumenta a temperatura do cabeçote, do óleo, do escapamento, se estiver numa rotação mais baixa poderei salvar um pouco o motor. Inventaram até um lubrificante para os motores VW a ar trabalharem com GNV (gotinhas que entram direto no carburador/coletor). Voltando ao câmbio do Chevette 1.6 e diferencial do Chevette Automatic em 5a marcha: 80km/h - 2200 rpm e 120km/h - 3300 rpm:
Você sabe onde posso comprar esse pinhão/coroa do Chevette Automatic?
Gurgel BR 800 1991 com motor VW 1300cc. Kit gás GNV com cilindro de 7,5m3 cheio faz 140Km de autonomia.
Marcelo Cavalcanti
 
Mensagens: 5
Data de registro: 31/Jul/2006 22:51
Localização: Ilhabela, SP

Relação final de transmissão

Mensagempor Fernando João » 28/Nov/2006 22:51

Marcelo,

Abaixo, faço uma comparação "teórica" entre um BR-800 e um Fusca através de cálculos matemáticos, no que diz respeito a relação da transmissão. Estou considerando que a medida dos pneus são as mesmas (ou equivalentes entre si).

Relação final de transmissão = relação marcha x relação diferencial

Relações de diferencial (1/x)
Gurgel BR-800/Supermini: 4,100
VW Fusca 1300: 4,375
VW Fusca 1500/1600: 4,125
VW Fusca Itamar 1600: 3,875

Relações da 4a marcha (1/x)
Gurgel BR-800/Supermini: 1,00
VW Fusca (todos): 0,88

Calculando as relações finais de transmissão (em 4a marcha):
Gurgel BR-800/Supermini: 4,10
VW Fusca 1300: 3,85
VW Fusca 1500/1600: 3,63
VW Fusca Itamar 1600: 3,41

A partir destes valores podes concluir que a relação final do Gurgel BR-800/Supermini é mais "curta" que a do Fusca, ou seja, um BR-800/Supermini com motor de Fusca tem menor velocidade final que um Fusca (de qualquer motorização).

Sugestões de modificações:

Modificação 1) Considerando que tu instales uma caixa de Chevette 5 marchas 1.6 no Gurgel, a relação final de transmissão para esta configuração (em 5a marcha) é igual a 3,444 (0,84 x 4,1). Nesse caso, tua 5a marcha seria mais "longa" que a 4a marcha do Fusca (1300, 1500 e 1600) e praticamente igual ao do Fusca Itamar 1600.

Modificação 2) Considerando que tu troques o conjunto coroa/pinhão do Gurgel pelo utilizado no Chevette Automatic e mantendo o câmbio original do Gurgel, a relação final de transmissão para esta configuração (em 4a marcha) é igual a 3,45 (1,00 x 3,45). Nesse caso, tua 4a marcha seria mais "longa" que a 4a marcha do Fusca (1300, 1500 e 1600) e praticamente igual ao do Fusca Itamar 1600. Repare que o resultado é o mesmo descrito na "Modificação 1".

Modificação 3) Trocando o conjunto coroa/pinhão do Gurgel pelo utilizado no Chevette 1.6 e mantendo o câmbio original do Gurgel, a relação final de transmissão para esta configuração (em 4a marcha) é igual a 3,90 (1,00 x 3,90). Nesse caso, tua 4a marcha seria um "meio termo" entre as relações do Gurgel e do Fusca 1300 (o mais curto de todos os Fuscas). Não é a melhor solução, mas é a mais barata e consequentemente mais simples.

Modificação 4) Se fizeres a "Modificação 1" e ainda achares que o carro poderia andar um pouco mais, podes substituir o conjunto coroa/pinhão como descrito na "Modificação 3". Terias uma relação de transmissão final de 3,276 (0,84 x 3,9), mais longa que todos os Fuscas.

No meu BR-800, coloquei um motor AE-1600 e troquei coroa/pinhão (do Chevette Automatic) e mantive a mesma caixa. Fazendo esse mesmo comparativo, minha 4a marcha praticamente se igualou a 4a do Gol AE-1600. Por esse motivo, que eu pretendo colocar um câmbio de 5 marchas para me aproximar da 5a do Gol AE-1600.

Minhas conclusões:
Pra quem adaptou o motor do VW Fusca, basta apenas trocar o câmbio ou coroa/pinhão para se igualar as relações originais na qual o motor do Fusca trabalha.
Pra quem adaptou o motor AE-1600 do Gol, é necessário trocar o câmbio e coroa/pinhão para se igualar as relações originais na qual o motor AE-1600 do Gol trabalha.

No que se refere a economia de combustível, segundo o Manual do Proprietário Gurgel BR-800, página 17 (ver), "O mais baixo consumo está na faixa média de rotação do motor, na sua faixa de torque máximo." Dessa forma, terias que saber a qual rotação tens teu torque máximo e a partir daí tentar andar dentro desta faixa.

Eu consegui comprar o conjunto coroa/pinhão do Chevette Automatic com um cara do interior do Paraná. Já passei o contato dele para muitos que me pediram, mas ele não dispõe mais de peças como estas.
Fernando João
São José/SC
Ragge California 1989
Avatar de usuário
Fernando João
Administrador
 
Mensagens: 192
Data de registro: 04/Out/2005 10:01
Localização: Florianópolis/SC

Funciona!

Mensagempor Marcelo Cavalcanti » 03/Fev/2007 18:33

Valeu galera!

Consegui instalar o novo diferencial no meu BR800, Valeu Fernando João, obrigado pelas informações! Comprei o kit de coroa e pinhão novo e instalei com algumas peças do diferencial de Opala que comprei no desmanche. As fotos e texto completo da mudança da transmissão estão publicadas no site http://www.freewebs.com/gurgel800

O carro está funcionando melhor, anda a 83Km/hora com 2700 rotações por minuto (velocidade econômica). Na Rodovia Ayrton Sena cheguei aos 110Km/h de máxima confortavelmente.

Meu BR800 ficou assim:
    Motor VW a ar de 1500cc
    Câmbio de 4 marchas do BR 800 modelo 1991 (Ford Maverick)
    Diferencial DANA Spicer com relação 3,45 (Chevette Automático)

OBS: O consumo de combustível melhorou, economia de 15%. :D
Marcelo Cavalcanti
 
Mensagens: 5
Data de registro: 31/Jul/2006 22:51
Localização: Ilhabela, SP

Mensagempor william » 08/Fev/2007 23:38

CARO MARCELO CAVALCANTE

Muito boa sua mensagem, especialmente sobre o site http://www.freewebs.com/gurgel800 informações bem esclarecidas, uma boa dica pra quem quer fazer essas mudanças nos 800´s . Pretendo mais tarde fazer esse serviço e sua ajuda foi providencial.
Abraços
william ( terra do sol) Fortaleza -ce
BR 800 91 , X-12 86 , G-15 e motomachine
william
 
Mensagens: 97
Data de registro: 05/Abr/2006 22:46
Localização: fortaleza

Mensagempor gorpo » 26/Fev/2007 22:42

Reposta para os que me mandaram MPs:

Eu tenho este carro até hoje, mas quem montou foi meu mecanico, então nem tenho os detalhes técnicos do que foi adaptado e usado, mas ele já montou mais de um e tem experiência nisto e a montagem foi bem natural, pois lembro que os coxins e caixa de cambio são originais, quase não houve adaptação complicada...

Anota aí:

Pedro
Av. Dr. Nestor Alberto de Macedo, 78 (Rua dos 3 tombos ou Dom Vilares) Jardim da Saúde - São Paulo - SP
Fone: 11 - 5058-4984

Fica umas 3 quadras da Yamauto aqui em São Paulo que é especializada em peças Gurgel
gorpo
 
Mensagens: 2
Data de registro: 29/Out/2006 23:16

Anterior

Retornar para Veneno

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Nenhum usuário registrado online e 1 visitante