Relato: O alternador morreu?

Alternador, faróis, lanternas e outros

Moderadores: Helio Neto, Fernando João, Waldecir, Luiz

Relato: O alternador morreu?

Mensagempor ZCC » 08/Out/2012 21:25

Quem nunca foi tentar dar a partida e viu que estava sem bateria? Ou ainda viu algum carro ter que ser empurrado para pegar no tranco? Bom, acontece, mas nem sempre a culpa está onde parece estar.

Tudo começou alguns meses atrás, faz algum tempo que andava no carro e a luz do alternador se acendia bem fraquinha. Achava que era só alguma fuga de corrente da velha instalação elétrica do carro, como o alternador estava carregando a bateria normalmente e eu já havia visto relatos de gente com o mesmo problema, não me preocupei muito. Porém o estopim para minha desgraça foi exatamente há 4 semanas atrás.

Diferentemente de outros carros modernos, no Gurgel X12, como no Fusca e outros, há uma turbina acoplada no alternador para refrigerar o motor. Eis que no meu ela começou a raspar na lataria do motor. Então eu apenas afrouxei a cinta que a segura no lugar e puxei alguns milímetros pra trás do carro. Pronto, resolvi um problema e sem que soubesse, criara outro.

Normalmente não uso o carro pra ir pro trabalho, mas como estava chovendo, liguei ele depois de 1 semana parado. A partida foi manhosa. Pensei comigo: "Como tenho andado pouco no carro, a bateria está perdendo energia naturalmente" (Uma vez desligado, meu carro não consome nada da bateria). Bom, dei uma volta maior que o normal para ir pro trabalho, onde ficou o dia inteiro. De noite eu ia saindo quando um amigo gritou: "Zé, ajuda aqui". Era o carro de uma colega que havia esquecido o farol ligado o dia inteiro. Por incrível que pareça, eu ando com todo tipo de coisa dentro do carro como, 2 macacos, tripé, pá, ferramentas, etc. Porém não andava com um mísero cabo de chupeta pra ajudá-la. Pois bem, empurramos pra lá, pra cá e nada do golzinho CHT dela funcionar, então falei: "Tenho corda no carro, a gente reboca o gol com ele engatado na 2ª que ele deve ligar. Até esse momento, já tinha dado mais umas 3 partidas de noite, manhosas também. Puxei o golzinho dando 1 volta em 2 quarteirões e nada dele pegar. Estaciono pra desamarrar o carro dela, que já estávamos sugerindo deixar no estacionamento de lá mesmo (Ela não queria a todo custo, pois tinha medo. Sugeria que eu a rebocasse até a casa dela com a corda, o que é proíbido e seria multa na certa, dado o lugar onde ela morava). Fui ligar o carro de novo pra ceder a vaga do meu pro dela e o carro me chamou pela última vez... Zéeeiiiieeeeiiieeeee.... E não pegou, bateria arriada. Pensei, agora lascou, 2 carros e nenhuma bateria. Liguei prum parente, ele estava numa festinha, mas beleza, pedi pra ir em casa e pegar 10 metros de fio 6mm². Alguns vários minutos depois ele chega.

Dividi os 10 metros ao meio e cortei, os dois pedaços dividi de novo e cortei novamente. Ligando 2 pernas em paralelo, formando 2 cabos de 2,5 metros. Fazendo essa chupeta improvisada, conectei o carro do meu parente ao golzinho. Na mesma hora os faróis acenderam: "Ué, você não tinha desligado eles? Desliga já!" (Eu poderia ter rebocado o carro dela até o inferno que não teria pego, vacilo! :fuuu: ) - Deixei recarregar a bateria dela por uns minutos para então tentar dar a partida, pegou e ela foi embora aliviada. Agora era vez do meu. Nele foi mais fácil, bastou empurrar um pouco que pegou. Antes de ir pra casa dei uma volta de uns 20km com uma rotação alta o tempo todo pra recarregar a bateria. Achei que estava tudo bem e fui deixar pro dia seguinte.

Manhã seguinte, chuva de novo e novamente o carro pegou manhoso e na volta do trabalho novamente tive de empurrar pra pegar. Dessa vez ciente de que algo estava errado, parti pra fornecedora da bateria pedir pra revisarem, chegando lá estavam fechados, era mais de 18h00. Estava pensando seriamente que era a bateria, comprada no começo do ano e recebendo a manutenção religiosamente a cada 3 meses. Imaginava se ela estaria me deixando na mão. Chegando em casa não desliguei o carro, peguei o voltimetro pra testar.

Para quem não sabe, os carros possuem baterias de 12 volts e quando o motor está ligado, ela é recarregada com 13-14 volts. Fui medir o que a bateria estava recebendo e: 11,7 Volts. Pensei - Pronto, meu alternador deu pau. Desliguei e fui descansar já imaginando: Foi há 4 semanas atrás, quando mexi nele, tavez com a pequenina folga no rolamento foi suficiente pra movimentar as escovas e ele parou, ou o regulador foi pro além. Idéias mirabolantes. Como no pouco tempo que tinha nesses dias não tinha folêgo pra mexer na viatura, deixei ela descansando.

Hoje, comprei um cabo de chupeta pra não fazer mais gambiarra, tirei a bateria e a liguei em outro carro, deixei uns 15 minutos ligada lá pra recarregar. Enquanto isso, fui afrouxando de novo o alternador, mexi pra frente e pra trás e a folga do rolamento era realmente miníma, não poderia ter sido isso. removi o porta escovas dele e vi que os contatos estavam um pouco desgastados, mas não deveria ser o suficiente pra dar problema. Mesmo assim comprei um novo porta-escova, só que não tinham nem bosch, nem o porta sozinho, só uma versão fuleira com regulador de voltagem incorporado. Comprei pra comparar e ver como era (nunca tinha mexido num modelo desses pra ver como era). Decidi manter o porta antigo, apenas limpei tudo, lixei de leve os contatos no rotor, remontei e liguei. Novamente a luz do alternador acendia fraquinha. Fui medir a tensão (voltagem) na saída do alternador e: 13,5v. Estava feliz da vida, mas como não tinha apertado os terminais da bateria, resolvi checá-los e medir lá também. Quando medi nos polos da bateria: 11,6 volts. WTF!!!??? :fuuu: Comecei a pensar, será que acabou de dar problema de novo? Voltei no alternador e lá estavam os 13,5 volts. Voltei pra bateria e tentando descobrir o que estava acontecendo com aquilo. Imaginava - Será que o fio entre a bateria e o alternador está com mau-contato em algum lugar? Será que o fio quebrou, ele consegue dar a partida, alimentar a ignição e os sistemas, mas não a própria bateria? Enquanto pensava, apoei a mão sobre o alternador e senti o terminal onde o fio engata nele bem quente. Opa! Que isso? Não era pra esquentar assim. Mexi no fio e o terminal que era pra estar preso, mexeu. Bingo! A porquinha que prende o fio estava frouxa e dava o mau contato. Tirei, lixei, cacei alguma arruela de pressão pra colocar e montei.

Liguei o carro e agora nada de a luz do alternador acender. Na bateria media os mesmos 13,5v que media no alternador. Um perrengue danado por causa de uma porquinha frouxa. Foi de lascar o cano. Fiquei imaginando o que teria acontecido se eu tivesse levado em algum auto-elétrico, me pergunto se iriam só apertar a porquinha ou trocar todo o alternador. Aproveitei pra lixar de leve os contatos da bateria e reapertá-los.

Fica aí a dica, antes de trocar a bateria, alternador ou mandar num auto-elétrico, revise e limpe todos os contatos do sistema elétrico. :)
Gurgel X12TR - 1980
ZCC
 
Mensagens: 229
Data de registro: 16/Dez/2008 23:26

Retornar para Elétrica

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Google [Bot] e 1 visitante