Motor para Motomachine.

Motor, câmbio, transmissão, tanque de combustível e escapamento

Moderadores: Helio Neto, Fernando João, Waldecir, Luiz

Motor para Motomachine.

Mensagempor Joyce » 13/Mar/2011 16:42

Olá a todos do fórum. Estou com um problema e gostaria de um auxílio e/ou opiniões a respeito de um motor para o meu Motomachine.

Meu motomachine está com um motor de fusca 1300 mas eu gostaria de trocá-lo por um menos barulhento e mais importante que isso, com nota fiscal/documentação. Quando comprei o carro veio com motor original, porém depois de uma batida que danificou o radiador e não sei mais o que, o mecênico na época disse que seria melhor trocar o motor por esse de fusca porque é mais potente etc... Na época não me atentei ao "detalhe" do motor que ele colocou no meu carro não ter documentção e nem sei o que foi feito do motor original que veio com o carro (sim eu sei, burrice minha mas nada que eu possa fazer agora).

Enfim, o mecânico atual que cuida do meu carro me disse que (segundo ele) o mais indicado seria um motor de fiat fire mille ou motor de gol ou escort. Desde já gostaria de dizer que eu não entendo n-a-d-a sobre motores, até por isso estou buscando ajuda aqui também.
O problem é eu tenho no máximo 3.000 para gastar entre a compra do motor e o serviço do mecânico. O mecânico não parece nenhum pouco interessado em procurar um motor para o meu carro, já fazem quase 2 meses que estou com o carro encostado porque perdi o escapamento e ele disse que não compensava mandar fazer outro se a minha idéia era de realmente trocar o motor.

Eu pesquisei na internet e vi anúncios bem diferentes, desde 800,00 até 2500,00 pelo motor parcial, no entando meu mecânico diz que eu preciso de um motor "completo" não só parcial.

Gostaria que alguém me ajuda-se aqui a escolher o motor que ficaria melhor e que esteja dentro do meu orçamento. Também pensei no motor do Ford Ka, mas não sei se é viável. O câmbio que está no carro é de Chevette.


Desde já agradeço.
Joyce
 
Mensagens: 3
Data de registro: 13/Mar/2011 16:25

Re: Motor para Motomachine.

Mensagempor paulo hoffmeister » 13/Mar/2011 17:00

Boa tarde, olha eu voltaria para o original, é da uma procurada no site que tu encontra, teu carro voltaria ser original e o valor de mercado dele seria outro, minha opinião.
Hoffmeister (g1) :mrgreen:
X12/80, SUPERMINI/93
paulo hoffmeister
 
Mensagens: 21
Data de registro: 22/Jun/2007 11:18

Motor para Motomachine.

Mensagempor andrefs » 14/Mar/2011 07:38

Joyce bom dia

Seria bom deixar ele original de novo, de uma olhada no site www.gurgelcampinas.com
na secção de classificados, lá tem motor completo.
andrefs
 
Mensagens: 30
Data de registro: 17/Jun/2008 13:24
Localização: Campinas-SP

Re: Motor para Motomachine.

Mensagempor Joyce » 14/Mar/2011 07:45

andrefs escreveu:Joyce bom dia

Seria bom deixar ele original de novo, de uma olhada no site http://www.gurgelcampinas.com
na secção de classificados, lá tem motor completo.


Bom dia andrefs,

O que eu me preocupo voltando com o motor original é quando der algum problema, como vou achar as peças, essas coisas, e eu me lembro de ser um motor bem fraquinho também.

Se é só pelo fato dele valer mais todo original, isso não é interessante pra mim pois não tem idéia de vender meu carro. Seria uma coisa pra ficar pra vida inteira.
Joyce
 
Mensagens: 3
Data de registro: 13/Mar/2011 16:25

Re: Motor para Motomachine.

Mensagempor pardal » 16/Mar/2011 21:33

JOYCE, aqui em Campinas nós já medimos e confirmamos que o motor "FIAT FIRE" pode ser colocado no GURGEL MOTOMACHINE e no BR 800.
No SUPERMINI já foi colocado com sucesso!!
Dê uma olhada no site "GURGEL CAMPINAS" que lá tem as fotos e as informações. Inclusive já temos um MOTOMACHINE sendo feito com esse motor.
pardal
 
Mensagens: 31
Data de registro: 05/Fev/2011 18:13

Re: Motor para Motomachine.

Mensagempor andrefs » 17/Mar/2011 07:29

Joyce, bom dia
Já que a idéia é ficar com o carro, o que o Pardal fez é uma ótima solução, vi e conheço o carro dele, ficou SHOW.
entre em contato com ele tem uma página no site www.gurgelcampinas.com, e se puder venha conhecer o carro.
um abraço.
andrefs
 
Mensagens: 30
Data de registro: 17/Jun/2008 13:24
Localização: Campinas-SP

Re: Motor para Motomachine.

Mensagempor LeonardoL » 17/Mar/2011 10:13

Joyce,

Um ótimo motor para o carro é o Enertron.

Peças são fáceis de encontrar, tirando uma ou outra específica que você encontra em locais especializados - mas encontra. Ainda mais usando a internet.

Sobre modificações extremas, que inclui a colocação de um motor Fiat Fire num Gurgel da forma como foi feito pelo pessoal de Campinas, eu desaconselharia totalmente: isso é o tipo de coisa que precisa de muito tempo e/ou uma boa especialização da mão de obra para fazer corretamente (não, não é fácil achar alguém que faça direito, por mais que pareça), e por você não entender de mecânica isso seria quase como procurar uma agulha num palheiro - no escuro.

Isso também descaracterizaria bastante o seu Motomachine, tanto no comportamento do dia-a-dia quanto em vários outros aspectos. Uma das primeiras coisas que precisaria ser feita é re-ajustar os freios para a nova condição, mas você também terá uma direção mais pesada, por exemplo (excesso de peso no eixo dianteiro). Além de ficar sem a tração traseira, o que - na minha opinião - praticamente transformaria o Gurgel num Uno.

É interessante considerar que a alteração distribuição de peso do carro será muito grande e afetará a estabilidade em curvas ou mesmo poderá trazer falta de aderência em aceleração, entre outros problemas similares - problemas clássicos de veículos com motor na frente e/ou tração dianteira. Sem contar que o chassis do carro será tensionado de formas não previstas e receberá momentos onde antes não haviam - eu não arriscaria dizer que ele suportaria tal esforço nos novos pontos, especialmente visto que nestas adaptações de troca do motor os pontos utilizados para apoiar o novo motor são muito diferentes dos pontos originais de apoio do sistema pendular.

O carro vai andar sim, mas como andará? Por quanto tempo vai aguentar? Essas são as perguntas que você deve se fazer. Pense que a resposta vai depender de uma pessoa que você pagará um valor muito inferior ao que recebem engenheiros das fábricas, e que não lhe dará garantia por mais de alguns poucos meses.

A título de comparação, um Enertron completo pesa 50kg (seco, só o motor). Sei disso porque estou com um motor aqui do meu lado, só esperando parafusar os cabeçotes e colocar a tampas diversas, e coloquei o mesmo completo numa balança. Já o Fire, e outros motores com grandes partes em ferro, o peso do motor vai a 85kg no mínimo, além do peso do câmbio, do diferencial, etc. Vale lembrar também que a quantidade de água e óleo nos reservatórios é sensivelmente menor no caso do Enertron, o que contribui para um peso final muito menor do conjunto.

Existem outros motores com as mesmas características do Enertron - baixo peso, simplicidade, economia - mas nos carros produzidos nacionalmente você dificilmente vai encontrar alguma coisa moderna o suficiente e no mesmo nível. Mesmo que você só troque o motor e mantenha o câmbio e o diferencial onde estão agora, terá um leve desequilíbrio de peso, além dos problemas de apoio no chassis também.

Muitas pessoas estão rodando com motores diferentes no Gurgel, mas em quase todos os casos que estão rodando diariamente apenas o motor foi alterado. Essa seria uma via muito mais segura, mas também está sujeita ao critério de quem está adaptando - que pode tanto fazer bem feito ou feito "nas coxas". Entregar o motor e o carro para o mecânico e dizer "instale" acaba sendo quase como uma loteria baseada na índole e vontade alheia.

A minha sugestão é colocar o motor original devolta e manter a manutenção em dia. Se realmente quiser outro motor pela questão da potência, coloque um motor que se adapte mais facilmente ao carro, que outras pessoas já tenham adaptado - como o CHT, por exemplo, que já foi amplamente comentado no fórum - e com quem você possa trocar idéias sobre o que precisa ser feito e como pode ser feito.

Leonardo
Gurgel Supermini 93
LeonardoL
 
Mensagens: 59
Data de registro: 18/Mar/2010 02:52
Localização: Florianópolis/SC

Re: Motor para Motomachine.

Mensagempor pardal » 18/Mar/2011 19:42

O que o Leonardo disse sobre "estabilidade, freios e esforços do chassis" está correto, por isso lembro que quem se interessar pelo projeto, que não apenas veja as fotos publicadas no site "GURGEL CAMPINAS", mas que também leia com atenção o texto que as precede.
Tudo que foi observado pelo Leonardo está citado no texto.
Veja nas fotos que o chassis foi dimensionado proporcionalmente para suportar as novas cargas, o mesmo acontecendo com os freios (não só com o servofreio como também com as pinças, discos e toda suspensão). Peças estas que foram dimensionadas pela FIAT.
O deslocamento de pesos, como foi observado pelo Leonardo, também foi considerado, o que também consta no texto juntos das fotos.
Depois de já ter rodado mais de 10.000 KM (o que não é muito, mas suficiente para uma avaliação), em diversas situações de estrada, serra e cidade, posso afirmar que o trabalho valeu a pena.
Quanto a "dureza" na direção, observada pelo Leonardo, depois da dor de cabeça que é explicada no texto, até para minha surpresa ficou como se fosse hidráulica. Leve, precisa e suave.
O objetivo da publicação das fotos, foi para que quem se interessasse pelo projeto, pudesse ter uma visão do trabalho a ser feito.
Dessa maneira que fizemos, não procuramos prejulgar a capacidade ou não de cada um para realizar o trabalho, pois posso afirmar que no meu caso, fotos como estas teriam sido de grande valia antes de iniciar esta empreitada.
Como sou suspeito em falar da própria obra, logo todos poderão ver a reportagem no site "GURGEL CAMPINAS" feito pela TV BANDEIRANTES no PROGRAMA BAND MOTOR que foi ao ar nos dias 06 e 12 de março, onde a repórter testa e dá sua opinião.
Como a Joyce perguntou sobre a troca do motor e o objetivo de cada pessoa é diferente, eu diria à ela que avaliasse o que ela espera do carro após o serviço, quanto tempo ela dispõe para que esse trabalho seja realizado e se o custo disso está dentro de seu orçamento. Seria bobagem gastar muito e deixar o carro parado, mas também não justifica gastar pouco e não poder rodar com o carro.
Manter o carro original seria bom, pois a idéia conservacionista também é positiva e de valor para colecionadores, mas devemos lembrar que a própria GURGEL sempre se valeu de peças de outros veículos para compor seus carros.
Sem querer ser presunçoso, quem sabe se a GURGEL ainda estivesse em atividade, o NOVO SUPERMINI não teria uma mecânica UNO FIRE FLEX??!!
Um abraço a todos.

SEGUEM OS LINKS DAS FOTOS COM TEXTO QUE ESTÃO DISPOSTOS NO SITE “GURGEL CAMPINAS”:
http://www.gurgelcampinas.com/arquivos/ ... parte1.pdf
http://www.gurgelcampinas.com/arquivos/ ... parte2.pdf
pardal
 
Mensagens: 31
Data de registro: 05/Fev/2011 18:13

Re: Motor para Motomachine.

Mensagempor LeonardoL » 19/Mar/2011 23:43

Pardal,

Fico feliz que você entendeu que não estou criticando seu trabalho, mesmo porque baixei os PDFs e vi tudo que foi feito, e vi o cuidado que você teve. A minha idéia foi comentar que, para quem está procurando apenas um novo motor, alterar todo o carro pode ser algo fora do cogitação. Alguém também pode pensar que você modificou boa parte dos principais sistemas mecânicos do carro por perfeccionismo ou preciosismo, ou simplesmente ignorar estas modificações e tentar ir pelo caminho mais curto, deixando tudo para o mecânico resolver, e depois ficar com um outro problema nas mãos.

Você teve todo o trabalho de compatibilizar as partes, e sabia o que estava buscando quando começou o projeto, porém o "Gurgel Supermini" que muitos conhecem virou um outro carro com estas transformações. Mesmo com toda a parte mecânica funcionando em sintonia, o comportamento do carro durante rodagem agora não é mais o de um Gurgel, e sim se aproxima muito mais de um Uno ou outro carro semelhante. Para quem gosta do carro como ele é, essa mudança de comportamento às vezes pode ser um efeito indesejado, e deve ser levada em conta antes de pular para uma solução deste porte.

A minha opinião é que existem outros motores que podem suprir perfeitamente o lugar do Enertron na questão peso, tamanho e simplicidade, e trazer uma potência superior - como alguns motores japoneses de alumínio (inclusive bloco) e até três cilindros em linha - que poderiam manter todo o resto do sistema mecânico do carro como está. Até mesmo o próprio Enertron pode ser melhorado - recebendo desde uma injeção eletrônica (para melhoria do consumo e da potência) ou mesmo otimizações diversas com técnicas de preparação leves (escapamento, admissão, entre outros) que não precisariam ser profundas para render alguns bons cavalos ou kgfm a mais.

Acredito que a Gurgel em si tinha um ótimo motor nas mãos, e estava evoluindo o mesmo: versões novas do Enertron de 1994-1995 contavam com maiores válvulas de admissão e melhorias diversas no cabeçote. Além disso, um novo motor que seria desenvolvido com a Lotus - provavelmente similar ao Enertron, porém com conceitos mais modernos (fluxo cruzado, por exemplo). Não diria que manter o Enertron é só uma questão de originalidade, e sim de superioridade do motor em outros aspectos, desde a facilidade de manutenção até às soluções inteligentes que aumentam muito a confiabilidade do mesmo. Ah sim, e as peças são bem mais baratas também. :wink:

Abraços,
Leonardo
Gurgel Supermini 93
LeonardoL
 
Mensagens: 59
Data de registro: 18/Mar/2010 02:52
Localização: Florianópolis/SC


Retornar para Mecânica em geral

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Nenhum usuário registrado online e 2 visitantes

cron