Aditivo da água do radiador

Motor, câmbio, transmissão, tanque de combustível e escapamento

Moderadores: Helio Neto, Fernando João, Waldecir, Luiz

Aditivo da água do radiador

Mensagempor Helio Neto » 13/Set/2010 00:02

Transferindo a discussão de outro tópico:

Helio Neto escreveu:
Izaias Junior escreveu:A corrosão come as paredes por onde passa a água do radiador, tendo que encher com alumínio e planear e é que coloco aditivo.
:!: Izaias, qual a marca e nome do aditivo que você usa?
Izaias Junior escreveu:Hélio, eu usei o RADIEX de cor azulada. Faço a diluição meio a meio com água destilada ( radiador pega 3,5 litros de líquido). Qual o que você usa e recomenda? Acabei de fazer serviço de cabecote quarta-feira.


Vou falar aqui da experiência que tive, sem querer chegar a alguma conclusão concreta, porque o negócio é bem estranho.

Uns dois anos atrás, minha irmã tinha um Peugeot 206 e estava na hora de trocar a água. O aditivo original que veio de fábrica era verde e no manual do proprietário não dizia nada sobre o tipo a usar, a não ser o tradicional "use aditivo Peugeot número 123456789..." que ninguém sabe o que é pois só existe nas concessionárias. Eu então fiz a troca da água, pondo 40% de aditivo Radiex 1822 comum azul, o mesmo que ultimamente vinha usando nos Gurgel.

Uns meses depois, o carro foi passando a superaquecer todos os dias, vazar água, e a água no reservatório ficava toda branca, meio como se estivesse cheio de sal-de-fruta. Eu não conseguia imaginar o que é que poderia estar acontecendo, e um tempo depois o carro foi levado num mecânico de confiança, que descobriu que o radiador estava acabado, entupido completamente a ponto de não ter salvação, teve de ir direto pro lixo. Na mesma oficina o radiador foi trocado por um novo (e caríssimo), que então foi enchido usando-se o mesmo Radiex, já que era o aditivo que também esse mecânico usava normalmente em todos os carros.

Ficou bom, só que... uma semana depois já estava tudo entupindo de novo, a água branca, etc.! Só daí é que alguém desconfiou do aditivo. De volta à oficina, foi tudo esgotado, lavado e colocado um aditivo original da Valeo (não sei onde foi comprado), fabricante do radiador. Depois disso, tudo voltou ao normal e nunca mais houve qualquer problema. Assim, ficou claro que era o Radiex 1822 que estava desmanchando o metal a ponto de detonar tudo em alguns meses. Na oficina também nunca tinham visto isso.

Quando fiquei sabendo, fui procurar o site da Radiex e lá há uma referência de aplicação para todos os modelos de aditivo dessa marca. E, segundo a Radiex, não só esse aditivo comum azul como TODOS os outros que ela fabrica estão lá como indicados e compatíveis com o Peugeot 206! Dá para entender isso?!

Eu só consigo imaginar duas alternativas possíveis:

- A mistura do Radiex 1822 com os restos do aditivo antigo gerou, por acaso, algum composto altamente corrosivo.
- Na realidade o Radiex 1822 não seria mesmo compatível com algum material do sistema, e esse fato estaria omitido pelo fabricante por desconhecimento ou alguma outra razão.

Mais ou menos na mesma época, na lista do Gurgel800 alguém tinha postado o seguinte numa discussão sobre o líquido de refrigeração:

Conversei com um fornecedor que me esclareceu que os fluido de *.glicol atualmente são fabricados em duas classes: ORGÂNICO E INORGÂNICO E QUE ISTO É MUITO IMPORTANTE !!!!! (para os donos das novas gerações de carros)

INORGÂNICO: É o antigão nosso que normalmente é azul ou verde .... pode ser utilizado em todos os motores mais antigos e de temperatura média como os nossos Ex: paraflu.

ORGÂNICO: São vermelhos rosados ou amarelos. São para estes carros novos de temperatura mais alta como os Reanult e que são isentos de sais ( por isto são orgânicos). Quando a temperatura passa de um determinado valor os sais passam a atacar as ligas de alumínio dos novos radiadores detonando-os completamente (tenho certeza que alguém postou uma dúvida de algo como isto por aqui). É um ataque químico ao material de fabricação do radiador que é altamente destrutivo .......


Sim, faria bastante sentido neste caso, a não ser por um detalhe: então como é possível que a Radiex recomendasse com todas as letras o aditivo 1822 para o Peugeot 206????

Na época, pesquisando na internet não consegui achar nenhum caso parecido nem nada relacionado com o fato. Não tenho como arriscar nenhuma conclusão; o que ficou de concreto é que jamais vou voltar a usar e nem recomendar qualquer produto fabricado pela Radiex.

Izaias, foi por isso que perguntei qual o aditivo que você estava usando. Eu estava meio apostando que sua resposta seria essa mesma que você deu... Mas, como já disse, ficam aí os fatos para que cada um tire suas conclusões.

Eu, durante a maior parte do tempo, usei no Supermini o aditivo de radiador da Urba. De uns 4 ou 3 anos para cá não o encontrei mais nas lojas, e tinha passado a usar o Radiex 1822, até que no começo deste ano, encontrei o da Urba de volta à venda. Ele sempre funcionou bem aqui e, sendo a Urba fabricante de bombas d'água originais, acho bem mais seguro. Uma coisa que só agora estou reparando é que, nos últimos anos, o motor do Supermini estava sempre com umas "cracas" azuis de aditivo e metal corroído em volta dos encaixes das mangueiras, e que ultimamente diminuíram bastante. Agora me toquei que, por acaso, isso coincidiu com o período que usei o Radiex nele.
(g2) Supermini 92
(g1) Carajás 89/87
(g1) Tocantins 91
Helio Neto
 
Mensagens: 259
Data de registro: 18/Out/2005 17:13
Localização: Curitiba-PR

Re: Aditivo da água do radiador

Mensagempor LeonardoL » 13/Set/2010 22:36

Helio,

Nunca usei Radiex, mas já ouvi falar que a quantidade de água na composição dele é muito maior do que deveria ser. Dê uma olhada neste link (atenção para o nome dos produtos, conforme listado na tabela das notas fiscais):

http://www.inmetro.gov.br/consumidor/pr ... adores.pdf

O que pode ter acontecido é que o Radiex ficou tão diluído que perdeu a função. Outra possibilidade é que alguma liga usada no motor do Peugeot se deteriorou ou reagiu com os silicatos e outros sais presentes no aditivo, formando a tal da borra branca. Por último, pode ser que o aditivo tenha algum componente não-normalizado.

Sobre o questionamento que você fez à empresa (Radiex), e a resposta da mesma.. olha, minha opinião pessoal é que é muito difícil você encontrar uma empresa que saiba o que está fazendo e que atenda o cliente com pessoal capacitado - a resposta padrão é "o produto serve", e a segunda é "não sei, deve funcionar". Com o advento da internet, se você gastar uns dias procurando sobre um assunto e baixando material sobre, é capaz de saber muito mais que alguém que "trabalhou" com este assunto durante anos. Claro que não estou falando da Radiex (a qual nunca usei os serviços ou produtos), mas sim à maioria dos fabricantes de produtos genéricos para o consumidor final.

Bom, o que encontrei sobre estes novos aditivos orgânicos (em inglês):

http://en.wikipedia.org/wiki/Antifreeze ... velopments

Pelo que diz neste link, parece que ele tem vantagens - como um período maior entre manutenções - mas também tem algumas possíveis desvantagens - como a possibilidade de um colapso no sistema de refrigeração se o nível do reservatório ficar muito baixo, abaixo do mínimo (claro que isso não é o problema, o problema é o nível abaixo do mínimo).

Em alguns lugares, o pessoal recomenda usar apenas um aditivo anti-corrosivo, ainda mais aonde a temperatura jamais foi abaixo de 10 graus centígrados. O grande problema é o intervalo para manutenção, que fica muito menor (cerca de 6 meses é a média recomendada).

Sempre usei aditivo para radiador da Ipiranga (100% sintético), mas esta opção dos orgânicos parece interessante, já que o intervalo para manutenção fica muito maior. Acho que pode ser melhor ainda para motores mais antigos, que já têm algum grau de corrosão interna, e devem evitá-la mais ainda.

Bom, por enquanto, acho que é isso!

Leonardo
Gurgel Supermini 93
LeonardoL
 
Mensagens: 59
Data de registro: 18/Mar/2010 02:52
Localização: Florianópolis/SC

Re: Aditivo da água do radiador

Mensagempor macgessle » 14/Set/2010 21:07

Senhores,

sempre gostei dos produtos da Bardahl...ainda nao utilizei pois meu BR ainda não saiu da restauração..estava pra comprar o RAD COOL PLUS e adicionar com Agua Destilada ao invés de agua de torneira....sobre esse lance de orgânico e inorgânico, a bradahl tem o RAD COOL LONG LIFE que é orgânico...

alguem ja usou o RAD COOL PLUS nos Gurgéis ?

Abração.
Marcelo Freitas
Natal- RN
BR800- 1990 (em restauração)
==============================================
Marcelo Freitas
Natal-RN
[b]Supermini 1992[/b]
==============================================
Avatar de usuário
macgessle
 
Mensagens: 71
Data de registro: 16/Out/2007 17:28


Retornar para Mecânica em geral

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Nenhum usuário registrado online e 2 visitantes