Ruido no tubo do cardan - Carajás Diesel

Motor, câmbio, transmissão, tanque de combustível e escapamento

Moderadores: Helio Neto, Fernando João, Waldecir, Luiz

Re: Ruido no tubo do cardan - Carajás Diesel

Mensagempor Helio Neto » 08/Jun/2015 00:48

Otavio,
apesar da demora para a resposta, espero que ainda possa ajudar:

A "firmeza" da alavanca depende de 4 fatores:
- O terminal de junta esférica que fixa o trambulador;
- O embuchamento do tubo por onde o varão atravessa a caixa seca do câmbio;
- As duas cruzetas de articulação na segunda parte do varão;
- A bucha do varão na tampa ("nariz") do câmbio e a própria tampa.
O terminal geralmente não sofre tanto desgaste, mas se a alavanca está bamba é porque alguns (ou muito provavelmente todos) estes pontos estão ruins.
A tampa da caixa e sua bucha podem ser compradas em revendas VW.
O resto pode ser arrumado numa boa tornearia.
O terminal pode ser recuperado ou adaptado partindo de um terminal de direção novo.
O embuchamento do tubo deve ser torneado de nylon, mas cuide para que a parte externa das buchas entre bem prensada no tubo mas por outro lado o furo interno deixe uma certa folga em volta do varão, senão elas vão soltar em pouco tempo. As guarnições originais de borracha são iguais à da haste do servofreio, revendas VW tem. Depois não deixe de engraxar periodicamente.
Para tirar a folga das cruzetas, o melhor é pedir que o torneiro construa com cuidado uma cópia da metade articulada do varão usando cruzetas novas originais usadas em colunas de direção (talvez do Uno ou Gol antigos).

Algumas pessoas reclamam muito desse barulho e/ou vibração do eixo cardã que você descreve (mesmo sem ser diesel, que vibra muito mais), a ponto de alguns só por esse motivo adaptarem a transmissão inteira do Opala no lugar do TTS/câmbio. Já vi mais de um relato de gente que diz ter refeito todo o TTS com peças novas e, depois de montado, o barulho continuar igual. Mas isso é bem estranho, porque em outros casos não há nenhum problema. Nos meus dois Carajás (um está parado), por exemplo, em marcha-lenta a única diferença perceptível em relação a qualquer outro carro é uma levíssima rumorosidade de rolamento girando, que só dá para notar porque desaparece ao pisar na embreagem. Fora isso, existe um outro ruído "normal" em todos os Carajás, mas que só ocorre nos instantes em que se põe ou tira o pé da embreagem, e que parece uma "batida de sino"; isso deve ser a manga de acoplamento, o cardã e o eixo de entrada do câmbio batendo nas folgas entre um e outro, pela inércia diferente das três partes. Mas esse não incomoda muito e talvez não ocorra com uma manga nova e bem ajustada.

Nesses casos em que o ruído do TTS é "insolucionável", desconfio que às vezes cometam o erro de substituir as buchas dos rolamentos por novas feitas de material duro, como nylon. As originais são de polietileno macio, justamente para absorver a rumorosidade dos rolamentos. Fora isso, se os rolamentos forem novos, montados direito e o eixo não estiver empenado, não deveria haver ruído.
As buchas de polietileno a Yamauto ainda deve ter à venda, assim como as outras peças exclusivas do TTS. Os rolamentos não são difíceis de achar, e a manga de acoplamento pode ser torneada a partir da manga de ré do câmbio VW. Procure as referências de todas essas peças na "Lista de peças equivalentes" e no catálogo de peças do Carajás.
(g2) Supermini 92
(g1) Carajás 89/87
(g1) Tocantins 91
Helio Neto
 
Mensagens: 258
Data de registro: 18/Out/2005 17:13
Localização: Curitiba-PR


Retornar para Mecânica em geral

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Nenhum usuário registrado online e 2 visitantes